Mercado Bitcoin lista Polkadot e Filecoin para cliente poder diversificar carteira

banner-arrow

Criptomoedas ligados a projetos de inovação começam a ser negociadas na exchange dia 2 de dezembro

 

São Paulo, novembro de 2021 – Depois de fan tokens e da Dogecoin, o Mercado Bitcoin lança a Polkadot (DOT) e a Filecoin (FIL) neste 2 de dezembro. As duas criptomoedas são uma oportunidade para os clientes da maior exchange de criptoativos da América Latina diversificarem as carteiras e apostarem em dois projetos ligados à inovação.

Apesar de ter sido lançada em maio do ano passado, a Polkadot já é a oitava maior criptomoeda do mundo com cerca de US$ 40 bilhões em valor de mercado. Só este ano, a Polkadot teve uma valorização de quase 400%. A criptomoeda está ligada ao projeto da rede do mesmo nome, que cria uma ponte para que diferentes blockchains possam se conectar.

A Filecoin também é uma criptomoeda recente, que foi lançada em outubro do ano passado. Hoje, é uma das 35 maiores do mundo, com uma capitalização de US$ 6,5 bilhões. Assim como a Polkadot, a Filecoin está ligada a um projeto. No caso, de armazenamento descentralizado de dados. Usuários da rede oferecem espaço nas suas máquinas para baixar um arquivo de alguém ao redor do mundo. Ao fazer isso, os usuários recebem Filecoins em troca.

Fabricio Tota, diretor de Novos Negócios do Mercado Bitcoin, acredita que muitos investidores comprarão a Polkadot e a Filecoin não apenas como forma de diversificar a carteira. “Essas são duas criptomoedas bastante ligadas à inovação. Se você é uma pessoa que acredita que o mundo cripto se beneficiará com a conexão entre diferentes blockchains no futuro, certamente vai comprar Polkadots. Agora, a Filecoin é para aqueles que acreditam no armazenamento descentralizado, sem passar pelo controle de uma empresa,” explica o executivo.

Depois desses dois lançamentos, o Mercado Bitcoin deve listar ainda mais de uma dezena de criptoativos até o fim do ano, entre criptomoedas, fan tokens e NFTs.