Mercado Bitcoin permitirá que adolescentes abram conta na corretora

banner-arrow

Iniciativa, que começa no Dia das Crianças, é para promover a educação e a responsabilidade financeira 

São Paulo, outubro de 2021 – A educação e a responsabilidade financeira ganham espaço entre as lembranças para o Dia das Crianças deste ano. A partir do dia 12, o Mercado Bitcoin, a maior corretora de criptoativos da América Latina, permitirá que adolescentes com pelo menos 13 anos abram conta na plataforma.

Além de seguir as mesmas regras usadas pelo Mercado Bitcoin para o público adulto, os menores terão uma regra a mais: só poderão fazer saque de criptoativos para fora da exchange caso tenham feito um depósito em reais a partir de uma conta corrente de sua titularidade. Outra restrição é quanto aos saques em dinheiro: isso só será possível se o menor tiver uma conta corrente em algum banco e tiver feito um depósito a partir dessa conta.

Segundo Fabrício Tota, diretor de novos negócios do Mercado Bitcoin, a ideia da exchange é estimular que pais, mães e responsáveis abram contas para seus filhos como forma de poupar e investir em criptoativos de olho no futuro. “Finanças precisam deixar de ser um tabu para as famílias. O melhor caminho para as pessoas conquistarem a autonomia financeira é aprendendo a lidar com o dinheiro. Para essa geração que já nasceu digital, a criptoeconomia é o melhor ambiente para eles entenderem as dinâmicas do mercado dentro de uma plataforma segura”.

A diversificação dos investimentos é um dos pilares de qualquer investidor, lembra Tota. Por isso, investir parte dos recursos em criptoativos é um caminho natural para os jovens. “E essa receita da diversificação também vale para dentro do próprio universo do cripto”, explica. Além disso, a volatilidade típica dos criptoativos joga a favor quando o assunto é o longo prazo. “O jovem tem tempo para correr esse risco. Nesse caso, as oscilações de curto prazo têm menor impacto, pois o olhar é para o futuro”.

Para descobrir como diversificar os investimentos, os interessados podem buscar informações oferecidas pelo  Mercado Bitcoin por meio do seu canal no YouTube e do seu blog, onde são discutidos temas básicos do mercado, assim como discussões mais aprofundadas para aqueles que não são mais iniciantes.

Apesar da pirâmide demográfica brasileira ter mudado bastante ao longo da última década, o Brasil ainda é um país jovem, com mais de 53 milhões de pessoas com menos de 18 anos, segundo dados do IBGE. A melhor receita para esses jovens conquistarem a estabilidade e a autonomia financeira é começar a investir cedo.