Token de crédito de carbono da MOSS ganha data de listagem no Mercado Bitcoin

banner-arrow

MCO2 estará disponível na plataforma e no app do MB a partir do dia 4 de fevereiro

A partir do dia 4 de fevereiro, o MCO2, maior projeto de tokenização de crédito de carbono da história, estará disponível para compra e venda no Mercado Bitcoin. O utility token foi lançado em 2020 pela MOSS, primeira e maior plataforma ambiental do mundo a tokenizar créditos de carbono negociáveis.

O ativo foi auditado pela CertiK (UP Alliance), tem auditoria em andamento com a Armanino, empresa de contabilidade e consultoria de negócios, via EY, e tem Perkins Coie, tradicional escritório de advocacia internacional, como consultor jurídico.

O token MCO2 tem o maior estoque de créditos de carbono da história: 2 milhões de toneladas – equivalente a um valor de mercado de US$ 36 milhões – é usado por grandes empresas e pessoas físicas para compensação de pegadas de CO2.

Com a listagem, os mais de 2,2 milhões de clientes do Mercado Bitcoin poderão comprar, armazenar e compensar créditos de carbono e atrair novos interessados em contribuir com a preservação da biodiversidade e a mitigação das mudanças climáticas. Cada token representa uma tonelada de carbono.

“Incluir um ativo em nosso portfólio que possibilita remunerar projetos de preservação do meio ambiente é um grande passo para o MB e está totalmente alinhado com a nossa estratégia de expansão internacional”, afirma Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin. Com o aporte recebido no início de 2021, a startup planeja investir R$ 200 milhões com o objetivo de acelerar seu crescimento e consolidar sua liderança como a maior plataforma de ativos digitais da região.

Para Luis Felipe Adaime, CEO e fundador da MOSS, a iniciativa democratiza o acesso a créditos de carbono, criando alternativas para a conservação do meio ambiente e a redução dos efeitos da emissão de gases de efeito estufa. “Além de negociar produtos, estamos oferecendo um propósito, com facilidade, transparência, escala e segurança”, destaca o executivo.

Fundada no primeiro trimestre de 2020, a MOSS já movimentou mais de 1 milhão de toneladas de CO2, arrecadando e enviando mais de US$ 10 milhões em receitas para projetos de conservação da Floresta Amazônica. Com a parceria com a MOSS, o Mercado Bitcoin passou a ser a primeira corretora de criptoativos do mundo a compensar toda emissão de carbono, desde a sua fundação, em 2013.

Saiba tudo sobre o MCO2, o primeiro e o maior crédito de carbono tokenizado do mundo:
MCO2 Tearsheet
Apresentação MCO2
Microsite MCO2 (com White Paper e link etherscan)
MCO2 etherscan link