Mercado Bitcoin registra novos recordes em fevereiro

banner-arrow

O volume transacionado na plataforma superou a marca dos R$ 10 bilhões, em mais de 5 milhões de operações

 

Após o desempenho inédito em janeiro, o Mercado Bitcoin registrou novos recordes de quantidade de operações e volume negociado, em fevereiro: os mais de 2,3 milhões de clientes da plataforma transacionaram mais de R$ 10 bilhões, em mais de 5 milhões de operações de compra e venda de criptomoedas, depósito e saque de dinheiro e criptomoedas. Em comparação com o mesmo período de 2020, houve aumento de mais de 680% no volume financeiro e mais de 450% na quantidade de transações.

Na maior exchange da América Latina, 23 de fevereiro foi o dia com maior volume (R$ 332.339.968,91) e quantidade de transações (196.406), após o preço do Bitcoin chegar a R$ 320 mil no final de semana e registrar dois dias de forte queda – 14% – nos dias 22 e 23. Segundo Fabrício Tota, Diretor de Novos Negócios do Mercado Bitcoin, a variação do preço do Bitcoin foi um dos fatores que influenciou o grande volume de negociações.

“Esse movimento é natural e a oscilação de preço é esperada. A imprevisibilidade é uma característica do Bitcoin que tanto pode seguir por um caminho de continuidade de altas, quanto de correção. De qualquer forma, o ecossistema se mostra cada vez mais maduro, respondendo às variações e se movimentando, e apresenta possibilidades além do Bitcoin”, afirma o especialista.

Outra criptomoeda que apresentou desempenho positivo foi a XRP, da Ripple, que demonstra estar ganhando força em busca de altas históricas. Mesmo com preços e valorizações completamente diferentes (em fevereiro, o Bitcoin valorizou 44,36%, enquanto a XRP sofreu queda de 9,42% e o preço chegou a R$ 2,45), a criptomoeda da Ripple foi responsável por 25,86% das negociações, enquanto o Bitcoin representou 39,24% de todas as transações.

“A forte oscilação da XRP, em virtude da disputa em andamento entre a Ripple e a SEC, acaba trazendo oportunidades de curto prazo e, consequentemente, um maior volume negociado”, complementa Tota.

Quantidade de operações fevereiro 2021: 5.031.870
Aumento em comparação com janeiro (4.611.420): 9,12%
Aumento em comparação com fevereiro 2020 (910.968) : 452,37%

 

Volume financeiro fevereiro 2021: R$ 10.348.796.955,00
Aumento comparação janeiro (R$ 9.666.948.326,00): 7,05%
Aumento comparação fevereiro 2020 (R$ 1.315.516.530,00): 686,67%

 

Tipo Mês Atual Mês Anterior
BTC 1.535.330 39,24% 1.604.594
XRP 1.011.857 25,86% 641.303
ETH 743.306 19,00% 850.532
LTC 353.785 9,04% 317.408
BCH 268.553 6,86% 256.955